Campos do Jordão: um dos principais destinos turísticos do estado de São Paulo demanda planejamento e um pouco de ousadia para ser aproveitado por completo

Além de poder curtir a natureza, um final de semana em Campos do Jordão traz muitas opções. Por isso decidi comemorar este final de semana do meu aniversário por aqui 😉 A estrutura da cidade é incrível, oferece uma infinidade de excelentes restaurantes, hotéis, cafés e compras! Para aproveitar melhor, o ideal é ficar próximo à Capivari que, dos três centrinhos existentes, é o mais badalado! Foi o que fizemos no mês passado. Nós nos hospedamos novamente no hotel Lê Renard. No sábado, passeamos pelas ruazinhas do bairro do Capivari, e acabamos por pegar o simples, porém divertido teleférico do Morro do Elefante. Ainda no começo da tarde demos uma esticadinha e fomos ao parque Amantikir, composto por centenas de especies de plantas distribuídas em quase 30 jardins diferentes. Não fizemos a visita guiada por lá, porém ouvimos do pessoal que vale super a pena. No final da tarde, fomos ao tradicional Baden-Baden, famoso barzinho da cerveja de produção local. Pegamos uma das mesas da grande área externa, e pudemos curtir a atmosfera de Campos, sofisticada e descontraída! É uma delícia ver o tempo passar comendo petiscos e tomando uma cervejinha Baden! No Domingo, havíamos programado de passar o dia na bela e pacata cidade vizinha Santo Antonio do Pinhal. A ideia era tomar o trem que sai da avenida principal de Campos e seguir a breve, mas bela viagem pela serra até Pinhal. Lá poderíamos curtir o artesanato, os chocolates, a gastronomia, a rua central, e o belo pico Agudo, parada obrigatória da cidade, de onde podemos avistar o vale do Paraíba. Porém, acabamos decidindo fazer algo radical e fomos até a Pedra do Baú. Subimos a trilha e, ao final, tomamos a via ferrata. Enfrentamos aquelas escadas de ferro que ficam na encosta da pedra, antes de alcançar o cume, o que foi muito emocionante, mas até que tranquilo, pois fizemos com bastante calma e com foco na segurança. Confesso que a adrenalina contribuiu para deixar a vista da Pedra do Baú ainda mais bonita! Ano que vem voltaremos para curtir mais um pouquinho desta cidade elegante e charmosa. Ah, sobre a minha avaliação abaixo, vale a seguinte nota: Campos oferece uma vasta opção de hotéis para todos os gostos, e até para todos os bolsos. Porém, seus hotéis, especialmente no inverno, cobram valores altíssimos, o que nos força ou a ficar em hotéis mais simples, ou a ter de gastar valores altos por serviços medianos. É por este motivo que a minha nota em relação a hotelaria é relativamente baixa!

Avaliação geral: 8,6/ Passeios e Atividades: 8,5/ Gastronomia: 9,0/ Hotelaria 8,0

Escreva um comentário