Categoria

Comidas e comidinhas

Categoria

Matilda: sem frescura, com ingredientes selecionados e combinações apuradas

Matilda: lanches com muito sabor, originalidade e textura

Matilda: Em uma sexta-feira bem frenética de trabalho, estava fazendo uma reunião de alinhamento em casa com parte da minha equipe. E sabe como é, produtividade a milhão, algumas pendências para serem resolvidas, quando você vê já passou a hora do almoço, e todo mundo só se deu conta porque a barriga roncou avisando rs. Aí surgem as questões, onde e o que comer? O que todo mundo concordava é que tinha que ser um lugar perto e que resolvesse o problema da fome rapidamente.  A sorte é que perto de casa há muitas opções, portanto, a questão de deslocamento não seria um problema. Foi então que uma das minhas colaboradoras deu a idéia de irmos ao Matilda, e eu claro topei na hora, pois, além de tudo, ainda ia conhecer o lugar que já está há um tempo na minha listinha e poderia escrever sobre ele aqui no blog. O Matilda é da chef Renata Vanzetto, que é dona de alguns restaurantes bem conhecidos e renomados como o Ema. Fomos na unidade de Pinheiros, onde a proposta é um serviço descomplicado, você faz o pedido e pagamento no caixa e retira no balcão. O ambiente é pequeno, estávamos em três e ficamos na parte de baixo. No cardápio opções de hambúrgueres criativos e com ingredientes bem apurados. O que eu achei bem legal é que eles têm opções para quem quer manter a dieta, para vegetarianos e para quem está afim mesmo é de jacar! O meu pedido foi o matilda vietnamita, que é feito com pernil desfiado com molho oriental, cenoura, folhas de coentro, maionese de shoyo, jalapeño em conserva e pink picles na baguete, quanto sabor em uma única mordida, combinação perfeita de ingredientes e os palitos de cenoura deram aquela crocância.. Para acompanhar eu pedi uma porção de batata frita que vem com a maionese da casa, bem sequinha! Uma de minhas colaboradoras pediu o bun bah, que é um lanche feito com frango crocante, maionese picante, picles de cebola roxa, guacamole e folhas de coentro no pão de brioche, a outra pediu pelo mexican, um hambúrguer de costela, sour cream, guacamole, cheddar, pico de galo e jalapeño no pão de brioche, ambas elogiaram bastante suas escolhas, e os lanches estavam bem bonitos e apetitosos! Se vocês notarem, todos os lanches levavam coentro, e uma de minhas colaboradoras é completamente avessa ao tempero, mas disse ela que, a combinação dos ingredientes estava tão incrível que o coentro não atrapalhou nenhum um pouco o sabor do lanche! O atendimento foi bem rápido, os lanches não demoraram para ficarem prontos, o que foi perfeito para o dia corrido que estávamos tendo. Ainda quero experimentar muitas coisas do cardápio, incluindo sobremesas e milk shakes, mas fica para uma próxima vez quando estiver com mais tempo!

Suri Ceviche Bar: despretensioso oferece comida peruana de qualidade

Suri Ceviche Bar: pioneiros em difundir a gastronomia latino americana em São Paulo

Suri Ceviche Bar: o Suri Ceviche Bar é aquele lugar com uma atmosfera bem calma e descontraída e ótimo para ir com os amigos. Pois bem, quinta-feira aproveitei que estava por São Paulo e fui encontrar uns brothers meus lá para jantarmos. O Suri serve preparações autênticas da cozinha latino-americana e é a primeira casa de São Paulo especializada no quesito. Cheguei por volta das 19h30, e meus amigos já estavam por lá me esperando, a casa estava um pouco cheinha, como de costume, nos finais de semana a galera chega até a fazer fila. Pra dar uma esquentada pedimos uma garrafa de vinho branco bem gostoso pra começar o jantar. Depois fomos de pastelzinho de polvo, que estava fantástico! E como ir ao Suri e não pedir ceviche? Não dá, né? Então optamos pelo clássico peruano, refrescante e apimentado na medida certa, lá você percebe que os ingredientes são frescos e de primeira! E não satisfeitos dividimos uma parrillada altamar, para voltarmos para nossas casas aquecidos! O Suri tem ambiente bem aconchegante, não é barulhento, ou seja, não vai atrapalhar a conversa da mesa. O atendimento também é muito bom sem ser chato, sabe? Para quem assim como eu, ama frutos do mar, vale muito a pena ir conhecer. Excelente custo benefício!

Carlos Pizza: pizzas bem no estilo da Itália prezando o sabor e qualidade dos ingredientes

Carlos Pizza: pizzaria com clima das pizzarias napolitanas localizada na Vila Madalena

Carlos Pizza: domingo pelo final da tarde já pra noite fiz um programa que adoro com a minha loirinha, fomos ao cinema, e depois para finalizar resolvemos jantar no Carlos Pizza na unidade da Vila Madalena, pertinho de casa. Lá é uma cantina onde você come a sua pizza individualmente, as massas e os vinhos servidos são artesanais. A cantina é pequena, mas bem charmosinha, é ótima para um encontro, ir com os amigos ou a família, bem democrático mesmo. Tivemos que esperar um pouco por nossa mesa, mas nada muito demorado. Nos sentamos na parte externa para aproveitar o clima da noite que estava muito gostoso. Já logo pedimos um vinho bem geladinho enquanto escolhíamos a entrada, são muitas opções e todas parecem bem saborosas. Optamos então pela burrata caprese com manjericão e tomatinho cereja, incrivelmente deliciosa. Para escolha dos sabores das pizzas devo dizer que gosto muito dos clássicos, então para eu fui de marguerita da casa feita com muçarela de búfala, tomate cereja, manjericão e azeitona, e minha esposa escolheu a zucchini que vem abobrinha, parmesão, mascarpone e manjericão. Ambas as pizzas estavam com a massa crocante e bem saborosa, acho que isso é pelo fato da fermentação da massa ser lenta, o que faz a diferença, os ingredientes dos recheios são todos de qualidade, contribuindo também para que o final seja uma pizza apetitosa. Por lá não tem essa de você pedir metade um recheio e metade outro, já vá preparado para não se decepcionar neste quesito. Finalizamos o nosso jantarzinho com as sobremesas, para mim foi o tradicional tiramisú e para minha loirinha a apicius que é um brownie sem farinha assado na hora com noz pecan e sorvete de nata. Para quem é fã de pizza a experiência é muito válida, o lugar traz bem o clima das pizzarias napolitanas. Ah, eles também possuem uma segunda unidade localizada nos Jardins.

Avaliação geral: 8,5/ Comida: 8,5/ Ambiente: 8,5 / Serviço: 8,5 

 

Dalva e Dito: O resgate de ingredientes brasileiros em preparações clássicas

Dalva e Dito: carismático restaurante que serve comida tipicamente brasileira

Dalva e Dito: essa semana estava trabalhando em São Paulo e como estava sozinho me programei para no meio da semana ir almoçar no restaurante Dalva e Dito, do conhecido e renomado Chef Alex Atala, que também comanda o DOM. A cozinha do Dalva e Dito trás comidas tipicamente brasileiras e aquela sensação de comfort food. Na decoração do ambiente tem itens de artesanato brasileiro deixando o clima bem agradável e rústico, a cozinha toda envidraçada permite que vejamos a movimentação, e como já comentei aqui no blog, eu gosto muito disso. Assim que cheguei e me sentei já fui saboreando o couvert, o pão de queijo da Serra da Canastra com a manteiguinha, mais os quatro tipos de pimentas que são divinos para começar a abrir o apetite! Para o prato principal fui de picadinho que vem com couve, ovo e acompanha arroz branco, um clássico que só na apresentação você já fica salivando, afinal, a gente come primeiro com os olhos, não é mesmo? Já na primeira garfada você tem a certeza de que foi certeiro na escolha, e entende o porque do prato estar entre os mais pedidos do restaurante. Finalizando o almoço escolhi de sobremesa mais um clássico, o pudim de leite com caramelo crocante, é aquela coisa, o clássico que funciona, sabe? Realmente tudo muito bem executado, saí de um almoço solitário me sentindo confortado pela experiência vivida ali. O restaurante possui um bar no subsolo, onde você pode ir bebendo os bons drinques da casa e petiscando enquanto espera pela mesa, ou até mesmo, naqueles dias em que estamos afim apenas de beliscar e beber alguma coisa. O Dalva e Dito tem um preço mais acessível que o DOM, mas isso não significa que o preço não seja meio salgado.

Avaliação geral: 8,7/ Comida: 9,0/ Ambiente: 8,5/ Serviço: 8,5 

Bia Hoi: vietpub serve comidas típicas das ruas de Hanói e cerveja geladinha

Bia Hoi: localizado na região central de São Paulo, bar traz a tradição dos botecos da capital do Vietnã

Bia hoi: semana passada fui encontrar com uns amigos, e acabou que conheci um lugar bem legal! Estou falando do Bia Hoi, um pub no estilo vietnamita que fica na região do centro de São Paulo. O nome do bar significa bia (cerveja) Hoi (gás) algo como “cerveja fresca”. O menu do lugar, segundo atendente, é especializado na comida do norte do Vietnã, onde a influência chinesa é forte.  No pub são servidos tanto comidas clássicas das ruas de Hanói, como as criações da Chef Dani Borges. O point é também uma ótima opção para os vegetarianos. O ambiente do lugar é pequeno, com um balcão e algumas mesinhas, mas muito aconchegante. O cardápio trás desde preparações para petiscar até pratos, e de terça a sexta-feira servem um menu executivo. Já na parte das bebidas, tem uma variedade de drinques e opções de cervejas bem legais, inclusive, cervejas artesanais. Outra coisa que me chamou a atenção foi que as opções de bebidas sem álcool também são bem boas. O lugar é ótimo para um happy hour tranquilo com os amigos, a comida é leve e saborosa, nós optamos por ficar só nos petiscos, e então pedimos o Banh Goi que são pasteizinhos recheados de carne de porco com shitake, macarrão de arroz e cebolinha, e o Cá Vien que são bolinhos de peixe empanados com panko servidos com uma geléia de jaca para acompanhar, tudo muito gostoso e bem temperado. Vou experimentar os pratos em uma outra visita. Para beber fomos nas cervejas, pedimos a imperial IPA que tem muito sabor e a Matsurika- Bohemian Pilsner que tem aromas florais e asiáticos, perfeito para os apreciadores de cervejas artesanais.

Avaliação geral: 8,0/ Comida: 8,0/ Ambiente:8,0/ Serviço: 8,0

Beach Burger: hamburgueria gourmet que nasceu no litoral traz ambiente praiano aos Jardins

Beach Burger: Com unidades em Juquehy e Riviera oferece opções de hambúrgueres e pratos

Beach Burger: Fui conhecer o Beach Burger em uma quinta feira junto com a minha loirinha, eu gosto de conhecer novas hamburguerias, por isso aproveitei que estávamos afim de dar um quebrada na semana e que eu estava pela região da paulista, e fomos lá. O ambiente é descolado com uma pegada meio praiana, pique bar lanchonete, sabe? Nós chegamos por volta das 20h e não pegamos fila, sentamos no segundo andar. O cardápio deles oferece bastante opções que passeiam entre os hambúrgueres, pratos e porções, entre os hambúrgueres opções diferentes do trivial como o hambúrguer de siri, camarão e salmão. Para entradinha pedimos a roots potatoes que são batatas rústicas com alecrim e alho, sequinhas, crocantes por fora e macias por dentro, bem gostosinhas. Em seguida já fiz o meu pedido que foi o beer bacon burger, hambúrguer de 150g com fatias de bacon crocante, mix de folhas, creme de queijo e molho barbecue à parte, minha esposa decidiu por pedir o hambúrguer de camarão empanado na farinha panko, tomate, alface, mussarela e molho tártaro à parte, ambos estavam bons. Preciso ressaltar que para beber nós pedimos o chá da casa, que é muito delicioso, é chá de pêssego bem geladinho, limão siciliano e hortelã, bem refrescante para a noite quente que estava fazendo. O serviço é bem rápido e eficiente, nossos pedidos vieram com muita rapidez, o que eu gostei, porque cheguei lá com a fome batendo. O Beach Burger também apresenta alternativas de drink bem variada, mas como dessa vez nós estávamos afim mesmo só de comer e ir pra casa descansar do longo dia de trabalho não experimentamos nenhum. Na sobremesa minha escolha foi a cestinha de churros com sorvete e doce de leite, a cestinha estava um pouco encharcada, mas o sorvete estava bom, minha loirinha pediu a cheesecake que estava ótima! 

Avaliação geral: 7,9/ Comida: 7,5/ Ambiente: 8,0/ Serviço: 8,0

 

Extásia: charmosa casa contemporânea serve pratos delicados, potentes e incríveis com toque asiático

Extásia: o famoso chef Flávio Miyamura mostra o melhor da cozinha asiática em nova empreitada na Vila Nova Conceição

Extásia: confesso que fiquei muito bem impressionado com esta nova casa na Vila Nova Conceição, que combina um ambiente charmoso com ótima gastronomia e ótimos vinhos, por estar localizada no andar superior de uma das unidades da importadora de vinhos Grand Cru. Visitamos o Extásia no horário do almoço num domingo de sol, o que deixou a visita ainda mais interessante, pois o restaurante oferece uma vista muito bonita para o pessoal que fica sentado na área da sacada, aonde, por sorte, pudemos nos sentar. Já no restaurante, soubemos que poderíamos escolher um vinho na loja no piso anterior e pagar apenas R$15 como taxa de rolha para poder consumi-lo no Extásia, o que nos pareceu um grande incentivo para tomarmos um ótimo vinho com preço bem razoável. Ficamos com um tinto francês neste dia, que acompanhou os pratos deliciosos que estavam por vir. Assim como sempre demos uma olhada no cardápio e nas páginas do Instagram e do Facebook do restaurante para eleger os pratos do dia. Durante esta pesquisa, inclusive, aprendi o significado do nome da casa que mistura as palavras êxtase e Ásia. De fato, o que estava por vir seriam pratos de cozinha contemporânea, que mesclam sabores, temperos e sensações asiáticas, numa mistura balanceada e única entre salgado, doce, ácido, azedo, amargo, picante, cítrico, que certamente encantarão o seu paladar. Para a entrada, ficamos com uma saladinha de abobrinha crua em lâminas, delicadamente temperada com vinagrete de tangerina, queijo de cabra e amêndoas tostadas, e com o famoso prato de cogumelos erynghi empanados e fritos que são temperados com molho tonkatsu e acompanhados por um leve creme de berinjela defumada. Sem dúvida, um dos pontos altos do almoço que estava somente começando. Segui com a ótima e macia barriga de porco que chegou desmanchando, acompanhada por um perfumado arroz de jasmin, e perfeitamente temperada com mel, especiarias e gochujang (condimento coreano feito com pasta fermentada de pimenta malagueta, arroz, soja e sal) que deu um toque potente e incrível ao prato. Pedimos também o famoso arroz de pato com chorizo e kimchi. Um prato saboroso e potente, e mais uma vez, muito bem temperado com notas e aromas da cozinha coreana, que eu, particularmente adoro, e que me fez lembrar do delicioso Komah, um restaurante que serve o melhor da cozinha deste pequeno, porém populoso país asiático! Para fechar o dia, dividimos o bolo de chocolate com creme inglês, delicadamente temperado com cardamomo. Amamos nossa tarde por aqui, e é por este motivo que voltaremos, mas agora com amigos, pois o ambiente convida para um papo sem hora para acabar.

Avaliação geral: 8,7 / Comida: 8,5 / Ambiente: 9,0 / Serviço: 8,5

Pão de queijo: que me perdoem os mineiros, mas sem dúvida os melhores pães-de-queijo são paulistas!

Pão de queijo: não dá para negar que o simples e baratinho pão de queijo é o melhor e mais querido quitute brasileiro, sendo apreciado em todas as regiões

Bem, hoje é um bom dia para falar sobre o pão de queijo, afinal, o que pode ser melhor do que um pãozinho quentinho para começarmos felizes o final de semana? Mas essa história começou ontem a noite, sabe? A gente deitou na cama exausto, porém estávamos com fome? Aí rolou aquele dilema de “dormir ou levantar para comer? Comentamos como seria bom comer um pão-de-queijo quentinho, mas no final, nos rendemos ao sono! Ai, é claro que hoje cedinho acordamos com uma vontade louca de comer pão-de-queijo!

Vila Grano

Fomos tomar café da manhã bem pertinho de casa, na Villa Grano. Eles servem um pãozinho-de-queijo com catupiry que é tudo de bom! Mais tarde, fomos até a PÃO – Padaria Artesanal Orgânica, que oferece diversas versões do quitute mineiro, como o Gougère, que leva queijo francês e tomilho!

Padaria Artesanal Orgânica

No final do dia, fizemos o supermercado da semana no StMarchê, e aproveitamos para comer o pão-de-queijo da padaria deles que é balanceado na proporção de queijo e polvilho, e bem crocante! Para terminar esta maratona, levamos um pacote de pão de queijo congelado, o Formaggio Mineiro, feito com queijo da canastra e outros ingredientes de primeira.

Formaggio Mineiro

WelcomeChef: chefs top preparam no conforto da sua casa comida autoral criativa e deliciosa

WelcomeChef: Carol e Jeremy, um jovem casal de chefs formados no tradicional Institute Paul Bocuse, prepararam em nossa casa, comida autoral

Sexta-feira foi dia de surpresa. Minha noiva linda contratou dois chefs sensacionais para cozinhar pra gente em nossa casa. Amei a surpresa e recomendo a ideia para outros casais apaixonados, como nós ;-). Assim que eu cheguei em casa, lá estavam o simpático casal Carol e Jeremy cozinhando para gente. No final, conversamos bastante e aprendemos sobre a formação e o gosto dos chefs, recebemos dicas de restaurantes e pratos, e aprendemos a empratar o que estava sendo servido. A Carol é Cearense e o Jeremy Irlandês. Imagina a mistura? Hehe… Eles se conheceram no Institute Paul Bocouse na França, depois trabalharam em diversos restaurantes ao redor do mundo, agora levam esta vida de chefs itinerantes. Fazem almoços e jantares para casais, famílias e grupos maiores. O estilo é minimalista, ou seja, bem aquilo que mais gostamos, onde cada detalhe e ingrediente do prato são pensados para que a combinação seja perfeita aos olhos e na boca. Eles são simpáticos e muito discretos, caso o casal queira privacidade e intimidade. Abrimos um Sauvignon Blanc alemão que estava esperando uma ocasião como essas. De aperitivo, salmão curado gravlax sobre batata doce grelhada, picles de salsão, coalhada seca e chips de cebola roxa. Na sequência, a entrada feita com terrine de porco e pistache, com uma torrada de pão rústico com chutney de cenoura, grãos de mostarda, creme de raiz forte e rúcula. Ambos, sensacionais! E ainda nos ensinaram a empratar essas duas maravilhas. Para o prato principal, filé mignon com purê de cebola, cogumelos eryngui e cebola salteados e chips de bacon defumado. Esta combinação estava de matar! Para fechar, churros desconstruídos com calda de chocolate quente, doce de leite com flor de sal, e cake de chocolate amargo. Divino! Recomendo fortemente este tipo de serviço e confesso que foi uma das surpresas que mais gostei. Ah, no site Welcome Chef tem diversos chefs e menus que podem ser escolhidos, então, aproveitem. Segue também a fan page @foodandco da Carol e do Jeremy.

Prontochef: comida deliciosa feita na sua casa, seja você um chef novato ou um grande preguiçoso ;-)

Prontochef salva a noite no dia dos namorados com um delicioso Hambúrguer de salmão ao molho de iogurte e dill

Adoro esse pessoal e a brilhante iniciativa do Prontochef. Por um lado eles auxiliam cozinheiros comuns a se tornarem pequenos chefs, e por outro, eles salvam o dia do povo que tem preguiça de cozinhar. A ideia é simples, mas fantástica. Eles entraram no mercado inovando, ao enviar caixas com todos os ingredientes e instruções, para que qualquer um possa cozinhar receitas de chef em casa, ainda que não seja um habitué da cozinha. Receitas saborosas, explicadas passo a passo, com tudo à mão, são preparadas em 30-40 minutos, e ajudam qualquer um a comer bem e barato, impressionando os paladares, até dos mais exigentes comensais. Mas não para por aí. Recentemente eles lançaram a versão express, com comidas que já vêm pré-preparadas, e que demandam apenas 10 minutos em banho-maria no fogão ou no microondas para ficarem prontas. Além disso, eles oferecem dois tipos de cardápio. O gourmet e o fitness. Nesta noite de dia dos namorados, fugi dos restaurantes, e fiz uma surpresa para a minha loirinha linda. Quando ela chegou, estava tudo preparado, e olha que eu levei apenas 15 minutinhos, pois estou agora assinando o cardápio express 😉 De entrada, um mix de folhas com leve tempero de azeite com limão e pimenta. O prato principal era um hambúrguer de salmão que estava macio e saboroso, temperado com um leve e delicado molho de iogurte e dill. Uma delícia! Para acompanhar, abrimos um Chardonnay, que descansou 12 meses em barricas de carvalho americano, o que lhe conferiu suavidade e notas deliciosas de baunilha e manteiga. A sobremesa não veio no kit. Eu mesmo fiz rapidinho um creme de papaia com licor de cassis para incrementar o jantar. E foi isso. Tudo rapidinho, caseiro, e delicioso, graças ao nosso querido prontochef!