Mocotó: aquele restaurante que te deixa sempre com vontade de voltar

Mocotó: Já falei sobre o Mocotó aqui no blog a um tempão atrás, e hoje vou falar novamente, pois, estive lá semana passada e o mocotó é um restaurante que eu gosto muito. Quem acompanha o blog, já sabe que sempre que estou voltando do aeroporto, e tenho a oportunidade, passo para poder me deliciar com o cardápio bem brasileiro que eles têm por lá. Acho que é uma maneira que eu encontro de me dar boas-vindas novamente ao Brasil rsrsrs. Nesta última quinta-feira não foi diferente, aproveitei para almoçar por lá na volta de uma viagem. E graças ao dia e horário em que fui, não peguei nenhuma fila de espera, o que foi ótimo, pois a fome estava gigante, porém, confesso que não é muito sacrifício ficar na espera por lá, afinal a gente espera acompanhado de uma caipirinha deliciosa e petiscando dadinho de tapioca e torresmo. Essa é a minha dica, caso você vá e precise esperar rs. Para começar eu já fui logo pedindo pelo torresmo, não dá para ir ao Mocotó e não comer torresmo, né? Depois de curtir cada pedacinho do torresmo pedi pelo baião de dois, que só para variar estava deliciosamente incrível, um dos meus pratos favoritos da culinária nordestina. E para fechar com chave de ouro, experimentei o creme brulée. Você deve estar se perguntando o porquê de pedir por uma sobremesa francesa em restaurante nordestino, não é mesmo? Simplesmente porque eles conseguiram deixar uma sobremesa que já era muito gostosa, mais deliciosa ainda. O creme brulée do Mocotó e feito com doce de leite e umburana que é uma árvore nativa da caatinga. Enfim, não preciso nem discorrer sobre o clima agradável e o atendimento impecável, é sempre muito bom estar lá. 

Escreva um comentário