Tag

fôrno

Browsing

Fôrno: onde o grande astro é o pastrame

Fôrno: com fachada bem tímida, surpreende por ambiente descolado e pratos de dar água na boca 

Fôrno: Dia desses fui conhecer o Fôrno, que fica localizado na Consolação. Sabe aqueles dias em que você tá afim mesmo é de sair da dieta, e comer uma besteirinha de qualidade? Então a minha recomendação é quando você estiver nesses dias vá ao Fôrno, super vale cada caloria.  A fila de espera é bem demorada, por isso, vá em boa companhia e com uma dose de paciência, ou então, faça como eu e vá no horário do almoço que é um pouco mais tranquilo. Apesar da entrada ser bem pequena, o lugar por dentro é bem bacana, e ainda a cozinha pode ser vista. Por lá eles servem sanduíches e pizzas e a coxinha de pastrame que é o real motivo pelo qual o lugar me atraiu. Assim que chegamos a nossa mesa pedi por um acerveja que estava bem gelada, minha loirinha pediu por um driqnue que levava gin e chá mate infusionado, gengibre e mel, bem delicioso! Para acompanhar as bebidinhas, obviante, comemos a famosa coxinha de pastrame, sem exageros, estava deliciosa, friturinha bem feita! Depois minha esposa pediu pelo tartar, bem fresquinho e gostos, eu pedi pelo Schintzel, porco empanado acompanhado de fritas, bem sequinho e crocante! Para finalizar eu não resisti e pedi o mousse de chocolate meio amargo que finalizou toda experiência com chave de ouro. Pretendo voltar para experimentar as outras delícias do cardápio. 

Fôrno: casa charmosa no centro de SP tem clima animado e pratos certeiros que surpreendem o paladar

Fôrno: é impressionante a velocidade com que surgem restaurantes incríveis em nossa cidade e o pequeno Fôrno é prova inconteste da sorte que temos por morar por aqui!

Fôrno: Sexta-feira passada, ao sair da aula de Francês no centro da cidade, minha esposa foi ao meu encontro para experimentarmos um novo restaurante pela região. Demos uma passada no Fôrno que fica ali do lado, pertinho do Mackenzie, mas não rolou. A fila de espera era enorme e acabamos desanimando. Viemos então nesta terça, imaginando que não teria fila por ser um dia que costuma ser mais tranquilo para sair. Que nada! Tivemos de esperar 20 minutinhos para conseguir uma mesa, mas devo admitir que a espera valeu cada minuto. O ambiente é super charmoso, o atendimento é simpático, a comida estava divina e para arrebatar, havia música ao vivo para animar e embalar nosso papo até altas horas. O cardápio é curtinho, mas é mais que suficiente. Por sentarmos no balcão, o que particularmente adoro por poder acompanhar os pratos que saem na casa, vimos o famoso sanduíche de Pastrami da casa, que é feito por aqui mesmo, através de um processo cuidadoso e demorado. Poucos minutos depois estávamos saboreando este que é um dos melhores sanduiches da cidade, sem dúvida, montado com pão de campagna, maionese de mostarda e picles de pepino acompanhado por fritas. Demais! Dica, o sanduiche é enorme, então, caso esteja com pouca fome, experimente pedir uma entradinha e dividir o prato com seu amor 😉 Nós estávamos com bastante fome, e eu ainda queria experimentar um das pizzas da casa. Ficamos com a Prosciutto, que traz molho de tomate da casa, scamorza, rúcula, presunto cru, raspas de limão e grana padano. A massa estava no ponto e o sabor, incrível! Eu já estava para pedir a conta, quando descobri que eles serviam por aqui mousse de chocolate. E aí, para quem me segue a mais tempo a conclusão é óbvia. Tive de pedir o mousse, que é a minha sobremesa preferida. Yes, o mousse por aqui é feito com chocolate belga 70% de cacau, ou seja, é um pouquinho amargo, mas as raspas de laranja, a flor de sal, o spray de bourbon, e a consistência acertada me fizeram eleger o doce como um dos meus preferidos aqui pela cidade.

Avaliação geral: 8,7 / Comida: 8,5 / Ambiente: 9,0 / Serviço: 8,5