Tag

Gastronomia

Browsing

DoRo Gastronomia:simplicidade e requinte juntos em casa acolhedora no bairro de Perdizes

DoRo Gastronomia: ingredientes cotidianos e dominância da cozinha italiana em ambiente aconchegante

DoRo Gastronomia: com muita vontade de aproveitar a companhia da minha loirinha, fomos eu e ela conhecer o DoRo Gastronomia, restaurante com predominância da cozinha italiana localizado no bairro de Perdizes. Chegamos por lá e o lugar não estava muito movimentado, o clima é aconchegante e o espaço é pequeno. Pedimos uma garrafa de chardonnay, que a minha loirinha adora, o cardápio não surpreende e traz ingredientes do cotidiano, mas isso não significa que não seja bem executado. Logo na entrada pedimos as famosas bruschettas, meia porção, de cogumelos com azeite trufado, que finaliza muito bem a preparação deixando as papilas gustativas em festa! Depois mais meia da bruschetta de tomate confit com queijo cremoso, divinas, a vontade de ficar pedindo uma bruschetta atrás da outras era grande, mas daí não teríamos espaço para o jantar rs. O meu prato principal foi o polpetone de linguiça artesanal com polenta cremosa, especialmente delicioso, minha esposa escolheu iscas de saint peter acompanhado de risoto al limone e pesto de agrião e nozes, um show de sabores e texturas, com certeza na minha próxima visita esta será a minha escolha. A apresentação dos pratos também deve ser elevada, ajuda a elevar ainda mais toda a vivência. Já em seguida partindo para a sobremesa, não porque o clima não estivesse incrível, mas porque ambos, minha loirinha e eu, iríamos ter que acordar bem cedo no dia seguinte, eu pedi o mousse de chocolate com farofa de castanhas, eu simplesmente não resisto a uma mousse de chocolate, e minha esposa foi de mousse de queijo com calda quente de goiaba. Mousse de chocolate, divino, agora a mousse de queijo com calda de goiaba quente, surpreendente! Dessa vez eu fiquei muito de olho na escolhas da minha loirinha, não que as minhas não estivessem perfeitas, mas fiquei com vontade de trocar os pratos rs, ela mandou muito bem nos pedidos! A experiência foi realmente muito positiva do atendimento a degustação de cada prato escolhido por nós! 

Avaliação geral: 8,5 / Comida: 8,5/ Ambiente: 8,0/ Serviço:9,0

 

Chez Oscar: variedade em ambientes que oferecem experiências para todos os gostos

Chez Oscar: na badalada Oscar Freire ambiente diversificado e estiloso

Chez Oscar: já estive no Chez Oscar, que fica localizado em um prédio na famosa rua Oscar Freire. No térreo há um café, um bistrô no primeiro andar e casa noturna nos outros dois andares. Minha última visita lá ocorreu em um sábado, fui junto com a minha esposa jantar com mais dois casais depois de termos ido ao teatro. O ambiente do Chez é amplo  com teto retrátil, deixando o local bem charmoso. Pedimos vinho branco bem geladinho para darmos continuidade àquela noite que já havia começado muito bem com a peça que havíamos prestigiado. Apesar de termos ido de vinho, preciso ressaltar o cardápio de drinks do restaurante muito diversificado. Foi unanimidade em nossa mesa a entrada fresca de avocado e camarão, estava bem saborosa e combinou muito com o vinho branco, ótimo para começarmos os trabalhos. Como um dos destaques do cardápio do Chez, que é assinado pelo chef Raphael Cesana, são os pratos italianos, não tive dúvidas e elegi para minha refeição daquela noite o espaguete feito com molho de tomate caseiro, abobrinha marinada, burrata cremosa e parmesão, esse prato tem a opção sem glúten, massa incrivelmente al dente e olho bem encorpado e com acidez equilibrada, para completar a burrata que deixa qualquer coisa deliciosa. Minha loirinha escolheu o ravióli de gorgonzola com amêndoas torradas e sálvia, que estava gostoso e bem aromatizado. Enquanto todos se deliciavam com seus pratos, pedimos por mais uma garrafa de vinho. Quando terminamos de comer e estávamos satisfeitos, foi a hora de fechar a noite com a sobremesa, todos então foram pela sugestão do garçom, o bolo da Marie, segundo ele a sobremesa mais pedida da casa, que é um bolo de chocolate belga com calda de gianduia. Chocolate, gianduia…. não preciso dizer que foi uma escolha muito acertada nossa para terminamos nossa última garrafa de vinho e nos despedimos de uma noite muito agradável.

Avaliação geral: 8,4 / Comida: 8,5/ Ambiente: 8,5/ Serviço: 8,0

Carlos Pizza: pizzas bem no estilo da Itália prezando o sabor e qualidade dos ingredientes

Carlos Pizza: pizzaria com clima das pizzarias napolitanas localizada na Vila Madalena

Carlos Pizza: domingo pelo final da tarde já pra noite fiz um programa que adoro com a minha loirinha, fomos ao cinema, e depois para finalizar resolvemos jantar no Carlos Pizza na unidade da Vila Madalena, pertinho de casa. Lá é uma cantina onde você come a sua pizza individualmente, as massas e os vinhos servidos são artesanais. A cantina é pequena, mas bem charmosinha, é ótima para um encontro, ir com os amigos ou a família, bem democrático mesmo. Tivemos que esperar um pouco por nossa mesa, mas nada muito demorado. Nos sentamos na parte externa para aproveitar o clima da noite que estava muito gostoso. Já logo pedimos um vinho bem geladinho enquanto escolhíamos a entrada, são muitas opções e todas parecem bem saborosas. Optamos então pela burrata caprese com manjericão e tomatinho cereja, incrivelmente deliciosa. Para escolha dos sabores das pizzas devo dizer que gosto muito dos clássicos, então para eu fui de marguerita da casa feita com muçarela de búfala, tomate cereja, manjericão e azeitona, e minha esposa escolheu a zucchini que vem abobrinha, parmesão, mascarpone e manjericão. Ambas as pizzas estavam com a massa crocante e bem saborosa, acho que isso é pelo fato da fermentação da massa ser lenta, o que faz a diferença, os ingredientes dos recheios são todos de qualidade, contribuindo também para que o final seja uma pizza apetitosa. Por lá não tem essa de você pedir metade um recheio e metade outro, já vá preparado para não se decepcionar neste quesito. Finalizamos o nosso jantarzinho com as sobremesas, para mim foi o tradicional tiramisú e para minha loirinha a apicius que é um brownie sem farinha assado na hora com noz pecan e sorvete de nata. Para quem é fã de pizza a experiência é muito válida, o lugar traz bem o clima das pizzarias napolitanas. Ah, eles também possuem uma segunda unidade localizada nos Jardins.

Avaliação geral: 8,5/ Comida: 8,5/ Ambiente: 8,5 / Serviço: 8,5 

 

America: rede de hamburgueria com cardápio variado, ótimo para reunir pessoas com paladares diferentes

America: ótimo para ir quando não se tem certeza do que quer comer

America: dia desses depois do expediente estava passando pela paulista, a fome estava apertando, foi um daqueles dias bem corridos em que a gente não consegue fazer nenhuma refeição direito, sabe? Foi então que passei na frente do restaurante America e resolvi parar para jantar. Já fui aos restaurantes da rede algumas vezes, mas lembrei que ainda não tinha falado sobre ele aqui no blog, então vamos lá. O ambiente é informal, a comida rápida e no cardápio há muitas opções, tendo para todos os gostos, massas, hambúrgueres, grelhados e pratos vegetarianos, sendo ótimo pra quando você precisa reunir uma galera grande para um almoço ou jantar. Diria até que é uma ótima alternativa para um almoço executivo, que aliás conta com um buffet de saladas maravilhoso. Cheguei por volta das 21h, consegui uma mesa rapidamente, e pedi um suco de laranja natural, para ir matando a sede enquanto decidia o que iria pedir, apesar do cardápio de lá oferecer muitas opções eu fiquei muito tentado olhando os hambúrgueres, que são o forte da casa, então decidi por pedir o Burger Patriota. Um hambúrguer de 200g com queijo gorgonzola derretido, fatias de bacon caramelizado com mel, tomate e maionese no pão de batata, vem de acompanhamento fritas com molho barbecue, a carne veio no ponto certo e bem suculenta, o hambúrguer estava bom, mas nada fora do normal. E então olhando as opções de sobremesas que são todas bem tentadoras, principalmente para os chocólatras, não resisti e pedi o volcano, que me ganhou na descrição de sorvete de doce de leite Häagen-Dazs, coberto por uma casquinha de chocolate e recheio de doce de leite argentino e assim que chega a sobremesa na sua mesa vem um calda de chocolate quente para você derramar sobre ela, essa com certeza foi a melhor parte do meu jantar, mesmo sendo bem doce! Os preços são um pouco altos, mas os pratos são bem servidos!

Avaliação geral: 7,7/ Comida: 7,5/ Ambiente: 7,5/ Serviço: 8,0

Tuju: menu com pratos sazonais, tirando o melhor dos ingredientes em preparações incríveis

Tuju: horta própria, ambiente moderno e atenção aos mínimos detalhes

Tuju: um dia desses fui conhecer um restaurante que já estava a um bom tempo querendo ir. Então fiz minha reserva e me programei para em uma quinta-feira almoçar no Tuju. O Tuju possui duas estrelas Michelin, e oferece gastronomia contemporânea, onde o menu é trocado a cada estação aproveitando o frescor e sazonalidade dos ingredientes da época. Outra coisa que me chamou a atenção é fato do menu ter uma versão vegetariana, e observando os pratos que iam para as mesas, não perdiam em nada para os outros, tudo parecia muito bem elaborado e aproveitado. Há também diferentes opções de menu, cabendo assim em todos os bolsos, e você pode pedir também qualquer prato separadamente. Os menus podem ser pedidos com harmonização, o que, infelizmente, nesta experiência não foi possível, pois, eu ainda teria um longo dia de trabalho pela frente. O restaurante é todo envidraçado e tem a cozinha aberta, é um  ambiente acolhedor sem muito luxo, seu salão é bem simples, mas confortável. Optei pelo menu mercado, que é servido no almoço de terça a sexta-feira, exceto nos feriados. Ele oferece, couvert, duas entradas, dois pratos principais e uma sobremesa. No couvert saboreei um pão rústico e manteiga produzidos pela casa e azeite da Serra da Mantiqueira. De entradas foram saladas de tomate, tapenade de algas e koji e lagostim, pamonha cogumelo e uni, entradas bem apetitosas. Os pratos principais foram, pescado do dia com cabelo de anjo de salsão e alho poró com tupinambo e semente de manjericão e copa lombo de javali, purê de pastinaca, kimchi e azedinha, nos pratos o chef utiliza as pancs (plantas alimentícias não convencionais), o que para mim foi uma experiência nova e bem agradável. Para sobremesa, goiaba, erva doce e sorvete de mofo branco, encerrando o almoço com frescor!

 

Avaliação geral: 8,6 / Comida: 8,5  / Ambiente: 9,0 / Serviço: 8,5

Tanit: cozinha espanhola com entradas diferenciadas e bem apresentadas

Tanit: ambiente pequeno e acolhedor, com culinária espanhola autoral na famosa Oscar Freire

Tanit: domingo mais ou menos no horário do almoço, fomos encontrar um casal de amigos para almoçar e em seguida irmos ao cinema. E desta vez o escolhido foi um já conhecido nosso, o Tanit. O restaurante fica localizado na famosa rua Oscar Freire, e é comandado pelo chef catalão Oscar Bosch, que traz uma culinária espanhola com toque autoral em um ambiente pequeno, porém, moderno. Preciso ressaltar que tenho muito apreço pelas entradas, não que os pratos principais não sejam maravilhosos, mas as entradas são muito bem elaboradas e apresentadas, vale muito a pena ir em casal e/ou amigos para compartilhar-las. Desta vez que fomos com nossos amigos optamos por ficar na varanda externa, que dá um clima bem praiano ao lugar, e assim aproveitamos o clima do domingo que estava bem ameno. E já logo fomos escolhendo para compartilhar o steak tartar de angus que vem servido no tutano e com batatas crocantes para acompanhar, no próprio menu tem o aviso do tempo de demora desta preparação, mas vai por mim, vale a pena esperar, rs. Para não perder o costume pedimos uma garrafa de vinho branco geladinho. Depois foi vez de pedirmos croquetas de jamón ibérico e de queijo de cabra com alho poró, quanto sabor! Para prato principal minha escolha foi o cordeiro que é cozido em baixa temperatura e vem com couscous e purê de couve flor e ervilha torta com tandoori, ou seja, uma mistura de aromas e sabores sem igual, minha esposinha foi de leitãozinho que também é cozido em baixa temperatura com farofinha, chutney de repolho e maçã acompanhando, divino! Nosso casal de amigos pediu o arroz negro com polvo, tinta de lula e aioli e o peixe do dia, que os deixaram bem satisfeitos. De sobremesa o pedido foi unânime, e todos escolheram a banana caramelizada com pannacotta de avelã, merengue de limão, sorvete de chocolate amargo e farofa de especiarias, que estava excelente! E por fim, depois de terminamos nossa garrafa de vinho, seguimos satisfeitos para o segundo tempo deste domingo agradabilíssimo!

 

Avaliação geral: 8,7 / Comida: 8,5  / Ambiente: 9,0 / Serviço: 8,5

 

Rios: fora do eixos dos restaurantes badalados, surpreende com cozinha autoral de qualidade

Rios : inovação nos pratos e pluralidade nos ingredientes

Rios: sábado eu e minha esposinha fomos jantar com uma amiga nossa, inclusive, ela é uma de nossas madrinhas de casamento. Por ela morar na região do Tatuapé, aproveitei que já queria há algum tempo conhecer o restaurante Rios, e então uni o útil ao agradável. O restaurante é comandado pelo Chef Rodrigo Aguiar, que já foi eleito Chef revelação, e no menu traz pratos modernos, bem elaborados e com ótima apresentação. Como tínhamos feito reserva, assim que chegamos, fomos encaminhados para a nossa mesa. O ambiente é bem agradável, eu e as pessoas que estavam comigo se sentiram muito confortáveis. Começamos pedindo uma garrafa de Chardonnay, como sempre, rs. E entre as opções de entradas e pratos para dividir, escolhemos o croquete de cordeiro feito com especiarias e com coalhada de cabra, muito apetitoso, depois foi a vez das coxinhas, elas vêm defumadas para mesa e acompanha um fondue de burrata, conseguiram melhorar o que já era bom, surpresa boa! Já para o jantar minha loirinha e a amiga dela pediram o mesmo prato, nhoque de abóbora com ragu de cordeiro, que foi muito elogiado pelas duas! Eu confesso que fiquei indeciso, o cardápio me deixou muito em dúvida, pois, a vontade experimentar tudo era grande! Então acabei por escolher o prato que vem com polvo e panceta grelhados, com batata bolinha tostadinha, chips de batata doce, pesto thai, roti de porco, vinagrete de castanha do Pará, aioli de páprica e purê siciliano, quando olhei no menu pancetta e polvo, confesso que achei a mistura inusitada, mas que delícia! E o aioli de páprica? Que sabor! E como se não pudesse melhorar, de sobremesa provamos a refrescante mousse de iogurte com morango cozido com pimenta dedo de moça e sorbet de erva doce, estava fantástico! O Rios é ótimo para um jantar romântico, para ir em família ou com amigos e até para almoço/jantar de negócios! Quero voltar muito em breve!

Avaliação geral: 8,9 / Comida: 9,0 / Ambiente: 9,0 / Serviço: 8,5 

Piccolo: entre tantas boas opções na rua dos Pinheiros, cozinha italiana autoral e muito bem apresentada

Piccolo: culinária italiana com sabores diferentes do tradicional

Piccolo: quinta-feira fui almoçar com um amigo no restaurante Piccolo, que fica na rua Dos Pinheiros, rua esta que tem muitas opções gastronômicas. O restaurante é irmão Piú, ambos  tendo ä frente o Chef Marcelo Laskani. No cardápio, uma cozinha autoral onde a culinária italiana predomina. Quando chegamos esperamos por cerca de quinze minutos para sentarmos à mesa, o local é pequeno (como o próprio nome diz) tem uma decoração rústica, mas acolhedora. Possuem uma adega climatizada e carta de vinhos com boas opções, pedimos um vinho para começarmos o nosso almoço e uma burrata para compartilhar. A burrata é defumada na mesa, tem limão siciliano, pesto e pomodoro, muito cremosa, porém, confesso que achei o preço um pouco elevado. Para prato principal nós fizemos escolhas iguais, que foi o capellini com um molho de peixes e crustáceos com vieiras acompanhando, o prato é bom e você percebe que é bem preparado. Outro ponto que me chamou a atenção foi a apresentação dos pratos, muito bem feitas, enchem os olhos! De sobremesa eu pedi o trio de chocolate, caramelo e banana que é um creme com bolo e sorbet de banana, pude perceber que é umas das sobremesas mais pedidas do local. Achei que o cardápio não traz muitas opções para sobremesas. Recomendo para os apreciadores de massas a conhecer o Piccolo, o custo benefício valeu a pena!

Avaliação geral: 8,4 / Comida: 8,5 / Ambiente: 8,5 / Serviço: 8,0

Kouzina: cozinha mediterrânea com ambiente aconchegante e cardápio de dar água na boca

Kouzina: do mesmo grupo do Myk traz referência gregas com preços acessíveis 

Kouzina: no último domingo fui almoçar no Kouzina restaurante, mais precisamente, na unidade dos Jardins. O restaurante é do mesmo grupo do Myk, ficando a apenas uma quadra de distância, e serve clássicos da cozinha mediterrânea por preços bem razoáveis. O ambiente tem uma decoração bem minimalista e clara remetendo muito à Grécia. O restaurante é bom para ir em casal ou em grupo de amigos, esta última opção é o ideal para pedir vários pratos diferentes e conseguir comer de tudo um pouco, rs. Falo isso pois o cardápio apresenta muitas opções e na hora de escolher você fica com vontade de todas! O lugar estava com um filinha, enquanto esperávamos eu e minha loirinha compartilhamos vinho bem geladinho, que lá é servido em canecas de alumínio, ajudando a manter a bebida bem fresquinha. De entrada pedimos os bolinhos de abobrinha, que são bem sequinhos e crocantes com uma cremosidade por dentro, para prato principal eu pedi a famosa Moussaka que é como se fosse um lasanha grega feita com berinjela, carne de cordeiro, bastante tomate, temperos e molho bechamel gratinado, minha esposa pediu o Bifteki, que é como se fosse um hambúrguer grego feito com carne de porco e pra acompanhar Tzatziki que é um molho de iogurte temperado com pepino e cebola roxa, os pratos estavam muito gostosos. O atendimento também precisa ser ressaltado, pois, os garçons explicam direitinho o cardápio para os clientes, visto que, os pratos estão com nomes gregos. Para sobremesa nós pedimos a Baklava que é como se fosse um pastel com pasta de nozes e mel, bem gostosinha para adoçar o nosso domingo!

Avaliação geral: 8,7 / Comida: 8,5 / Ambiente: 8,5 / Serviço: 8,5 

Dalva e Dito: O resgate de ingredientes brasileiros em preparações clássicas

Dalva e Dito: carismático restaurante que serve comida tipicamente brasileira

Dalva e Dito: essa semana estava trabalhando em São Paulo e como estava sozinho me programei para no meio da semana ir almoçar no restaurante Dalva e Dito, do conhecido e renomado Chef Alex Atala, que também comanda o DOM. A cozinha do Dalva e Dito trás comidas tipicamente brasileiras e aquela sensação de comfort food. Na decoração do ambiente tem itens de artesanato brasileiro deixando o clima bem agradável e rústico, a cozinha toda envidraçada permite que vejamos a movimentação, e como já comentei aqui no blog, eu gosto muito disso. Assim que cheguei e me sentei já fui saboreando o couvert, o pão de queijo da Serra da Canastra com a manteiguinha, mais os quatro tipos de pimentas que são divinos para começar a abrir o apetite! Para o prato principal fui de picadinho que vem com couve, ovo e acompanha arroz branco, um clássico que só na apresentação você já fica salivando, afinal, a gente come primeiro com os olhos, não é mesmo? Já na primeira garfada você tem a certeza de que foi certeiro na escolha, e entende o porque do prato estar entre os mais pedidos do restaurante. Finalizando o almoço escolhi de sobremesa mais um clássico, o pudim de leite com caramelo crocante, é aquela coisa, o clássico que funciona, sabe? Realmente tudo muito bem executado, saí de um almoço solitário me sentindo confortado pela experiência vivida ali. O restaurante possui um bar no subsolo, onde você pode ir bebendo os bons drinques da casa e petiscando enquanto espera pela mesa, ou até mesmo, naqueles dias em que estamos afim apenas de beliscar e beber alguma coisa. O Dalva e Dito tem um preço mais acessível que o DOM, mas isso não significa que o preço não seja meio salgado.

Avaliação geral: 8,7/ Comida: 9,0/ Ambiente: 8,5/ Serviço: 8,5