Tag

Restaurantes

Browsing

Giulietta: comida italiana onde o principal componente é o fogo

Giulietta: oferece cortes não convencionais muito bem preparados

Giulietta: Comida italiana é aquele tipo de comida que dificilmente não agrada a todos, certo? Agora pensa em uma proposta fora daquilo que nos vem à cabeça quando pensamos em cozinha italiana. Pois é essa proposta do Giulietta, que tem forte influência italiana, mas que vai muito além da pasta. O recente restaurante, se eu não me engano, inaugurado em março deste ano, fica localizado no Jardim Europa e é comandado pelo badalado chef Rodolfo de Santis. Conheci ao Giulietta em uma deliciosa noite de quinta-feira, junto com a minha loirinha. As surpresas já começam quando para você chegar ao restaurante você precisa passar pelo Salumeria, que é o outro restaurante do chef Rodolfo de Santis. Esperamos um tempinho antes de pegarmos uma mesa, o lugar é bem disputado na região. A decoração tem uma pegada bem rústica e o ambiente é pouco iluminado. E ao passar os olhos rapidamente pelo cardápio, não hesitamos em pedir para entrada a burrata produzida pela casa e assada no forno a lenha, e posso dizer? Vale muito a pena, é bem diferente das burratas tradicionais que estamos acostumados. Logo depois, mesmo correndo o risco de ficarmos cheios e talvez não aguentar os pratos principais, pedimos pelo Maritozzo, que nada mais é do que brioche caseiro com recheio de ragu de costela, incrivelmente gostoso. A minha escolha de prato foi o Scottadito, carré de cordeiro acompanhado de brócolis e polenta gratinada, tempero e ponto do carré maravilhosos. Minha esposa comeu o ossobuco assado no forno a lenha acompanhado de risoto alla milanese, muito saboroso! Estávamos completamente satisfeitos, mas ao olhar as sobremesas, a gula falou mais alto e então decidimos dividir uma. Pedimos o abacaxi assado com gelato de pina colada, veja que no Giulietta, até as sobremesas vão para o fogo, e posso garantir que esta que comemos estava divina! Só posso finalizar dizendo que a comida servida pelo Giulietta e excelente!

Bangalô: vibe praiana e ótimos drinques, ideal para um happy hour

Bangalô: onde você mata um pouco da saudade da praia sem estar nela

Bangalô: A rua Ferreira de Araújo em Pinheiros, está cheia de opões de bares e restaurantes, virou um point gastronômico em São Paulo. Em minhas últimas saídas, por exemplo, o destino sempre foi algum estabelecimento nesta rua. E posso garantir, são muitas opções para agradar a todos os gostos. Na última quinta-feira não foi diferente, minha loirinha e eu fomos curtir um happy hour depois do expediente juntinhos, e dentre as tantas opções do lugar, decidimos conhecer ao Bangalô Bar. O local é bem aconchegante e com uma decoração que faz você se sentir na praia. Nos sentamos na área que tem uns uns sofazinhos super confortáveis. A música também é super agradável! O cardápio deles é bem enxuto, mas com ótimas opções para beliscar enquanto aprecia por um dos drinques do lugar, que também, serve drinques autorais. Entre as alternativas de  bebidinhas minha esposa pediu um refrescante aperol, que leva água com gás, espumante e laranja, eu escolhi pela tradicional gin tônica, muito bem preparada! Para começarmos a petiscar, escolhemos o trio de pastinhas que são: homus de grão de bico com zátar que é uma mistura de especiarias, coalhada com raíz forte e homus de abóbora, que particularmente, ainda não tinha comido, esse trio vêm acompanhado de pão sírio tostado, chips de inhame e batata doce, muito saboroso esse trio e os acompanhamentos são perfeitos. Depois escolhemos provar o ceviche, que estava bem fresquinho e levava leite de coco, manga e gengibre pra dar aquele toque especial. Assim que nossas taças se esvaziaram, pedimos mais uma rodada dos mesmos drinques, e não resistimos em pedir também a casquinha de camarão para experimentar, e ainda bem que não resistimos, pois, estava bem cremoso e ainda era gratinado no pão francês, recomendo muito. Preciso dizer que o tempo que passamos lá foi perfeito para espairecermos, depois de uma semana bem agitada e cheia de compromisso profissionais. As comidas e bebidas são muito boas e os preços são justíssimos, com certeza iremos voltar com um grupinho de amigos para curtimos! 

Lolla Meets Fire: em uma pequena rua do Itaim uma agradável surpresa

Lolla Meets Fire: cardápio enxuto e entrega com muito sabor e qualidade

Lolla Meets Fire: Domingo minha esposinha e eu fomos comer com um casal de amigos muito querido! Fomos ao Lolla Meets Fire, minha loirinha e eu já tínhamos ido uma vez, e como gostamos muito do lugar, decidimos levar nossos amigos para conhecer. O restaurante fica na região do Itaim Bibi, lá eles servem cortes de carnes feitos na parrilla e no pit de defumação, este último é um processo de defumação e cozimento em baixa temperatura por um período longo. O ambiente é bem bonitinho, aconchegante e descolado, tem um jardim muito gracioso! O menu se divide em pra comer com as mãos, no meio da mesa e os grelhados. Pedimos pela tortilha de berinjela, com tahine, sumac uma especiaria árabe, e picles de couve flor, bem gostosinha! Minha esposa e nossa amiga pediram pelo atum selado, já eu e o nosso amigo, decidimos pedir o carro chefe da casa, a costela que defumada por um período longo, se eu não me engano oito horas. A costela estava divina, bem macia e com pouca gordura, acompanhava uma farofinha deliciosa e salsa creola que é como se fosse um vinagrete mais rebuscado. Depois pedimos pelo cupim, que sem exagero, estava derretendo na boca, muito saboroso! A sobremesa tivemos que passar, pios, todos estavam mais do que satisfeitos com a excelente comida que nos foi servida. Caso esteja nos seus planos conhecer o Lolla, fique atento, pois, o local enche! O custo benefício é sensacional! 

 

Haikai Sushi: combinando o convencional e o moderno em pratos cheios de sabor

Haikai Sushi: ambiente acolhedor e pratos saborosos

Haikai Sushi: Esta semana fui ao Haikai Sushi, já havia ido ao restaurante em outra oportunidade, mas não tinha escrito sobre ele aqui no blog. Fica localizado na região do Itaim Bibi e foi inaugurado no final do ano passado. Eu aprecio muito comida japonesa, e em São Paulo há infinitas casas especializadas na culinária. O Haikai Sushi oferece em seu cardápio pratos típicos e autorais, que são muito bem elaborados, e ainda, cortes especiais de peixes e pescados. Para os admiradores, a casa possui uma carta especial de saquês. O ambiente é muito receptivo e o atendimento agradabilíssimo. Estava com a minha loirinha, fomos direto do trabalho, quando chegamos o restaurante estava vazio, e então nos sentamos na varandinha super charmosa que tem lá, e assim conseguimos curtir a noite que estava quente. Pedimos de entrada o tartar de salmão, bem saboroso e refrescante. Depois comemos o sashimi de vieiras, cortado em tirinhas fininhas com a carne bem fresquinha! Como a noite estava quente, nossas opções da noite foram todas bem refrescantes, não pedimos por nenhuma das opções quentes. Comemos também o carpaccio de polvo com curry, uma combinação perfeita, e pra fechar, a duplinha de salmão selado, trufado com ovas e flor de sal, e este foi com certeza um dos nossos favoritos da noite. Passamos batidos na sobremesa desta vez. Se você, assim como eu, gosta da culinária japonesa vale muito a pena ir conhecer o restaurante e sua proposta contemporânea. O ambiente também é ótimo para reunir os amigos, bater um papo, e de quebra comer uma comida muito bem feita e com ingredientes excelentes.

 

Muquifo: receitas de família muito bem exploradas e aproveitadas

Muquifo: sensação de ter ido à casa da avó 

Muquifo: Cozinha afetuosa com receitas que marcaram a vida da chef Renata Vanzetto, essa é a proposta do Muquifo. Foi exatamente essa descrição que vi em uma breve pesquisa sobre o restaurante que me fez ficar bem curioso para ir conhecer. Então peguei minha loirinha, e juntos fomos lá explorar mais um lugar em São Paulo. Já ficamos encantados logo que chegamos, pois, o lugar fica em uma casinha super charmosa, pequena, mas muito charmosa. Vale ressaltar que fizemos reserva, não arrisque ir sem, o restaurante lota! Enquanto olhávamos o cardápio, fomos tomando um vinhozinho, e para entrada ficamos bem curiosos para experimentar a calvifiore, couve-flor assada com sálvia, noz moscada, farelo de pão e creme parmesão, vai por mim, se você é o tipo de pessoa que não vê graça em couve-flor, vai começar a ver. De prato principal minha esposa pediu pelo prato polvo primavera, polvo e brócolis no azeite, batata e alho sobre um molho de tomate divino. A minha escolha foi o prato polvo a provençal, uma massa fresca recheada com creme de abóbora finalizada com uma linguiça crocante, tem coisa mais agradável do comer uma massa fresca? As opções do cardápio são bem interessantes, foi quase uma missão fazer as nossas escolhas, mas foram escolhas muito boas. Para sobremesa nos deliciamos com o bolo de cenoura servido com brigadeiro quente, parece bem simples para um sobremesa, mas a verdade é que foi uma ótima experiência, me senti abraçado por aquele bolo! E depois de uma noite de boas surpresas, saímos de lá com a certeza de que voltaremos para provar todo o cardápio, a comida e o ambiente ornam muito bem! 

Mytho: restaurante grego com espaço gracioso

Mytho: culinária mediterrânea moderna

Mytho: Quinta-feira fui conhecer o restaurante Mytho, junto com a minha loirinha. Localizado em Moema, ele oferece opções modernas da culinária grega. Escolhemos ir ao Mytho, pois, recentemente fizemos uma viagem incrível à Grécia, e aproveitamos para além de conhecer um lugar novo em São Paulo, ainda relembrar nossa viagem. O ambiente do lugar é gostosinho, a casa é branca com decoração bem praiana e detalhes em azul remetendo à Grécia. Aproveitamos que a noite estava quente e nos sentamos na varanda que tem um clima super agradável. Ao olhar o cardápio vi que eles possuem pratos bem interessantes. Para entrada pedimos o Éros, que é queijo feta cremosinho e bem temperado, ele vem com tomatinhos confitados, uma delícia para começar.Depois, ainda para entrada, pedimos o kraken, polvo grelhado servido com fava, páprica defumada e vinagrete, o ponto do polvo estava ótimo. Para beber, resolvemos experimentar um drinque chamado Kylini feito com ouzo uma bebida tradicional grega, limoncello, iogurte grego, cardamomo, hortelã e mel bem refrescante e aromático.De prato principal eu escolhi o Posseidon, que é um risoto de fregola com frutos do mar, estava espetacular, com certeza me trouxe um pouco das lembranças divinas que a Grécia me deixou. Minha esposa pediu pelo Andromeda, que é carré de cordeiro com molho de hortelã e purê de abóbora com nozes, a montagem do prato era linda e o sabor incrível. O atendimento também foi impecável, nos sentimos muito bem recebidos. Para adoçar o nosso dia pedimos pelo Orfeu que é uma sobremesa de mousse de chocolate meio amargo com tuille de chocolate branco, encerrando divinamente nosso jantar!

Matilda: sem frescura, com ingredientes selecionados e combinações apuradas

Matilda: lanches com muito sabor, originalidade e textura

Matilda: Em uma sexta-feira bem frenética de trabalho, estava fazendo uma reunião de alinhamento em casa com parte da minha equipe. E sabe como é, produtividade a milhão, algumas pendências para serem resolvidas, quando você vê já passou a hora do almoço, e todo mundo só se deu conta porque a barriga roncou avisando rs. Aí surgem as questões, onde e o que comer? O que todo mundo concordava é que tinha que ser um lugar perto e que resolvesse o problema da fome rapidamente.  A sorte é que perto de casa há muitas opções, portanto, a questão de deslocamento não seria um problema. Foi então que uma das minhas colaboradoras deu a idéia de irmos ao Matilda, e eu claro topei na hora, pois, além de tudo, ainda ia conhecer o lugar que já está há um tempo na minha listinha e poderia escrever sobre ele aqui no blog. O Matilda é da chef Renata Vanzetto, que é dona de alguns restaurantes bem conhecidos e renomados como o Ema. Fomos na unidade de Pinheiros, onde a proposta é um serviço descomplicado, você faz o pedido e pagamento no caixa e retira no balcão. O ambiente é pequeno, estávamos em três e ficamos na parte de baixo. No cardápio opções de hambúrgueres criativos e com ingredientes bem apurados. O que eu achei bem legal é que eles têm opções para quem quer manter a dieta, para vegetarianos e para quem está afim mesmo é de jacar! O meu pedido foi o matilda vietnamita, que é feito com pernil desfiado com molho oriental, cenoura, folhas de coentro, maionese de shoyo, jalapeño em conserva e pink picles na baguete, quanto sabor em uma única mordida, combinação perfeita de ingredientes e os palitos de cenoura deram aquela crocância.. Para acompanhar eu pedi uma porção de batata frita que vem com a maionese da casa, bem sequinha! Uma de minhas colaboradoras pediu o bun bah, que é um lanche feito com frango crocante, maionese picante, picles de cebola roxa, guacamole e folhas de coentro no pão de brioche, a outra pediu pelo mexican, um hambúrguer de costela, sour cream, guacamole, cheddar, pico de galo e jalapeño no pão de brioche, ambas elogiaram bastante suas escolhas, e os lanches estavam bem bonitos e apetitosos! Se vocês notarem, todos os lanches levavam coentro, e uma de minhas colaboradoras é completamente avessa ao tempero, mas disse ela que, a combinação dos ingredientes estava tão incrível que o coentro não atrapalhou nenhum um pouco o sabor do lanche! O atendimento foi bem rápido, os lanches não demoraram para ficarem prontos, o que foi perfeito para o dia corrido que estávamos tendo. Ainda quero experimentar muitas coisas do cardápio, incluindo sobremesas e milk shakes, mas fica para uma próxima vez quando estiver com mais tempo!

Terraço Insalata: apresenta opções de pratos para atrair a todos os paladares

Terraço Insalata:  uma alternativa ao badalado irmão mais velho Insalata

Terraço Insalata: sabe quando a semana é bem intensa que ficar em casa para recarregar as energias é a coisa mais atrativa naquele momento? Então…. foi assim que eu e minha esposa passamos nossa noite de sexta- feira, fazendo nada, momento raro em nossas vidas, rs! Acordamos no sábado completamente dispostos, e decidimos ir almoçar no Terraço Insalata. O restaurante oferece massas, risotos, saladas e carnes, não é alta gastronomia, mas comfort food, sabe? E era exatamente isso que eu e minha loirinha estávamos buscando. O que eu gosto bastante de lá é que eles têm uma variedade de pratos enorme, o que é ótimo, pois, fica difícil não agradar a todos os paladares. Ideal também para aquele almoço executivo. Quando chegamos nele, por volta do meio dia – praticamente abrimos o restaurante, rs -, não estava cheio, pegamos uma mesa sem nenhuma dificuldade. Pedimos para entrada a tostada de burrata, que nada mais é que uma deliciosa burrata com abobrinha grelhada, tomate assado e mix de castanhas e amendoins com parma e pesto, não tem como uma combinação dessas ficar ruim, né? Meu prato foi o risoto de camarão com abobrinha, risoto no ponto certo, e camarões também, aliás, sem miséria de camarão, minha loirinha pediu o pintado empanado com purê de beterraba e farofa de couve crocante com bacon, além da apresentação do prato estar linda e colorida, estava delicioso! E encerrando o nosso almoço, como nós não sabíamos o que ainda viria naquele dia, resolvemos maneirar na comilança e dividir uma sobremesa. E quer saber? Super dá para dividir, as porções são bem generosas. Comemos a torta de maçã com sorvete, ela vem em camadas e quentinha, essa combinação do quente com o frio nas sobremesas me agrada muito, estava divino! Depois deste ótimo almoço lá fomos nós, minha loirinha e eu curtir o final de semana bem alimentados!

Wiener: ambiente agradável pra toda família com comidinhas deliciosas

Wiener: pra ir com família ou amigos e aproveitar aquele clima descontraído com boas comidas e bons drinques

Wiener: em uma passagem por Jundiaí, cidade que gosto muito e por isso tenho um de meus escritórios lá, fui conhecer o Wiener. O lugar é daqueles pra levar toda família num almoço de domingo ou todos os amigos pra uma noite de bons drinques, sabe?! Bem democrático mesmo. Nesta minha visita estava com a família e como era um sexta a noite preferimos ficar beliscando porções e experimentando drinques e a carta de vinhos deles que por sinal é bem boa! Pedimos o bolinho de bacalhau, bem sequinho e saboroso, bolinho de carne seca, sucesso entre a família porque ele estava bem sequinho também e muito bem temperado e ai pra dar aquela sustância completamos com a porção de mignon com palmito, deliciosa! Minha loirinha estava comigo, óbvio, e como ela adora um drink pediu o Clube 279, feito com gin, xarope de lichia, hibisco, água de rosas e limão siciliano. Eu pedi um cabernet sauvignon tinto argentino pra acompanhar nosso aperitivo de carne vermelha por sugestão do garçom, bem saboroso e realmente harmonizou perfeitamente com nossa escolha. Recomendo a visita pra quem for de Jundiaí ou estiver passando pela cidade.

Tomyam: com pratos do sudeste asiático traz a delicadeza da região com seus aromas e sabores

Tomyam: ambiente de apaixonar e culinária de primeira linha

Tomyam: na região dos jardins o Tomyam é daqueles restaurantes que transportam para outro lugar no momento que você pisa nele. Ele traz pratos típicos do sudeste asiático como tailandeses, indonésios e malaios e seu nome é inspirado numa tradicional sopa tailandesa. Bom, já não é segredo aqui que sou um amante dessa culinária né e sempre que posso vou conhecer mais um lugar da minha infinita lista. Fiz uma reserva e fui com minha esposa e um casal de amigos que estava de passagem por São Paulo… é um risco levar pessoas para restaurantes que nunca fui, mas eu adoro descobrir lugares e sabores acompanhado e tenho a sorte de meus amigos toparem essas aventuras comigo. Chegando lá o problema foi escolher o meu prato, queria provar tudo! Começamos no festival de entradas, rs, pedimos algumas porque era impossível escolher uma só… pedimos a entrada Maahor, que são exóticos canapés preparados com as carnes de camarão, mignon suíno e frango moídas e preparadas com açúcar de palmeira e amendoins, servidos em colheres de abacaxi, Samosas Tomyam, crocantes de banana-da-terra recheados com camarões salteados na wok, cobertos com curry masala, iogurte e sementes de gergelim e claro, ceviche. Para os pratos fui na recomendação do garçom e pedi uma cerveja Thai Singha, deliciosamente gelada o prato GADO GADO, uma seleção de legumes salteados na wok com cubinhos de mignon servidos ao molho de curry de amendoim e acompanha arroz thai jasmine, sério, estava delicioso! Minha loirinha pediu o Nasi Goreng, feito com arroz, legumes al dente e castanhas de caju salteados na wok, ele tem três variações de preparação e pode ser com carnes de frango, mignon suíno e bovino, ela pediu com carne suína. Nosso amigo pediu o Curry Massaman que leva leite de coco e tem notas de cravo masala, ele é preparado com cubinhos de mignon e castanhas de caju e servido com arroz thai jasmine e crocantes de batata doce e sua esposa o famoso Pad Thai, feito com talharines de arroz, legumes al dente, molho de tamarindo, camarões e lula, aliás o deles é considerado um dos melhores de São Paulo! O mais legal de lá é que os garçons sempre perguntam o nível de pimenta que você quer no prato, vai de 0 a 4 e eles ainda deixam nas mesas um molho de pimenta da casa que é fabuloso! Pra quem aprecia a cozinha asiática tem que ir pra ontem!