Tag

Retsaurantes

Browsing

Piú: menu que contempla cozinha italiana contemporânea deliciosa

Piú: com clima fantástico e pratos muito bem apresentados

Piú: Já escrevi há um tempo sobre a minha incrível experiência no Piú, e aproveitando que no último sábado fui com a minha loirinha nele novamente, resolvi escrever outra vez aqui. Apesar da culinária asiática ser a nossa grande preferência, neste dia em especial, queríamos comer uma comidinha com o pé na cozinha italiana, e o Piú faz pratos contemporâneos sensacionais. O clima envolvente do Piú é outra coisa que me agrada bastante no restaurante. Nós estivemos na unidade de Pinheiros, localizada na rua Ferreira Araújo. Para começarmos a nossa noite, não resistimos e pedimos os mexilhões do sul thai para compartilharmos, quase sempre que vamos ao Piú a gente começa o jantar com eles, são muito gostosos. Enquanto tomávamos o nosso tradicional vinhozinho branco, ainda compartilhamos as bruschetas de pupunha. Para prato principal eu pedi o ravioli recheado com pera, queijo azul e shimeji, a massa muito bem feita e a combinação do recheio é sensacional! Minha esposa pediu o picci a galega, massinha deliciosa com chouriço espanhol e polvo, ponto do polvo perfeito! O menu deles é bem variado, e o atendimento bem cuidadoso. Os preços também são bem honestos e vale muito a pena para se ter a experiência em um restaurante incluído no guia Michelin. Com uma viagem de negócios à China agendada para terça-feira, foi muito gostoso poder curtir uma noite de sábado ao lado da minha loirinha, em um lugar bem gracioso e com comida boa.  

Jiquitaia: pratos autorais cheios de brasilidade e muito sabor

.

Jiquitaia: restaurante de comida brasileira bem feita e bons drinks para acompanhar

Jiquitaia: fui ao Jiquitaia restaurante e bar para  jantar com a minha loirinha e aproveitar uma noite a dois. Então, fiz a surpresa de levá-la em um restaurante que serve comida brasileira autoral, já que ela acaba de voltar ao Brasil depois de mais de um ano fora, e ama a culinária tupiniquim. O restaurante é comandado pelo chef Marcelo Corrêa e fica localizado na consolação. Assim que chegamos ficamos esperando um pouquinho no balcão por uma mesa, o que foi ótimo porque pudemos tomar o famoso caju amigo, que leva cachaça, compota de caju preparada pela casa e limão-taiti, drink gostosíssimo. Para acompanhar nosso caju amigo, pedimos de entrada torresmo, bem sequinho, crocante e com muita carne, incrivelmente bem feito, depois pedimos as coxinhas que estavam muito boas também. Confesso que nos empolgamos muito com as entradas, aliás, fica a dica, cuidado, pois você corre o risco de ficar satisfeito com elas e não deixar um espaço para o jantar, rs. Olhando o cardápio, ficamos bem indecisos sobre o que íamos pedir, ele é sazonal, ou seja, pode ser que quando você for não encontre as mesmas opções de pratos. Minha esposinha e eu pedimos pelo mesmo prato principal que foi o arroz de tucupi com magret de pato, a acidez do tucupi traz muita originalidade à preparação e seu sabor casa muito bem com a carne de pato. Como nós nos empolgamos muito com as entradas, acabou que não sobrou espaço para sobremesa, mas não tem problema nenhum, pois, pretendemos voltar muitas outras vezes lá. O ambiente do Jiquitaia é bem clean e acolhedor, foi ótimo para o que havia planejado para aquela noite. Se você, assim como eu, gosta da culinária brasileira, vai adorar conhecer, a relação custo benefício também é excelente.